publicado por conselheiro familiar | Sábado, 07 Novembro , 2009, 14:25

Jesualdra ficou irritado com os jornalistas porque não fizeram as perguntas ao Hulk conforme e  quando desejou. Tambem as questões sobre o nivel exibicional, daqueles que sistematicamente são adjectivados  com superlativos tipo, incriveis, magicos e semelhantes, tiveram como resposta nada amistosa, "o que contam são os resultados e os objectivos, não as exibições. Estamos a crescer"

Ficámos porém sem saber, se se estava a referir ao empate com o Belenenses ou às "miraculosas" vitorias sobre o notavel Apoel e a elogiada, mas silenciosa  Académica?

Sabemos sim é que este senhor treinador e seu clube corrupto, fazem o que querem no meio mediatico. Senão porrada neles e umas jantaradas para omitir o que pode desagradar ao conselheiro.

 

sinto-me:

publicado por conselheiro familiar | Terça-feira, 03 Novembro , 2009, 16:12

 Boa tarde e muita fruta.

Aquilo com a carolina é só para mostrar trabalho. No calor da noite perco as estribeiras e não me acautelo. Os gajos da PJ estão malucos, nunca fugi. Para além do Regadas, poucos PJs perceberam o meu esforço. Inté e vou ensaiar uma poesia. Não pensem que estou a fazer a habitual fina ironia. Cá o engenheiro até descobriu que o sócio fundador do FrutasbolPorto foi ministro de Salazar. Foi o primeiro. E aprendi com ele. Pensa o conselheiro de que...


publicado por conselheiro familiar | Sábado, 18 Julho , 2009, 15:34

Vamos recuar no tempo para perceber onde estão as raizes da corrupção e trafico de influencias, onde o nosso futebol está mergulhado. E não me venham dizer que a coisa é inventada.

www.youtube.com/watch

 

Quem acabou de ouvir este JQ Manha e quem o lê agora fica com a ideia que são dois. Mas não é apenas um. E Escreve para os pasquins da Cofina. Os tais que chegaram a acordo para não levarem para a frente o processo a que Octavio Machado se refere.

 

sinto-me: em cima do acontecimento

publicado por conselheiro familiar | Sexta-feira, 24 Abril , 2009, 22:49

 

 

É agora moda jogadores de futebol, actuais e antigos, visitarem escolas para dar aos alunos determinada pedagogia desportiva e responderem ao que lhes é perguntado. É sobre as respostas dadas aos alunos que aqui vou tratar.

Vitor Baía e Rui Costa tiveram nos ultimas dias ocasião para falar com alunos e os ecos dessas visitas vieram nos jornais. Vejamos o que um e outro disseram.

 

Vitor Baia, sobre a sua não ida ao Europeu, " na minha humilde opinião poderia ter contribuido para ser campeão como já tinha sido na Champion." Sobre o Apito Dourado, respondeu o portista, "foi tudo por inveja".

Quer dizer, Vitor Baía mente aos alunos sem qualquer pejo. Mostra a pedagogia que transporta. É soberbo na questão da selecção e mentiroso sobre o Apito Dourado. Mentiroso porque houve gente condenada e se mais não foram, não foi porque quem julgou decidiu sem ser invejoso.

 

Rui Costa, disse que a camisola que mais gozo lhe deu vestir foi a da selecção, apesar de ser benfiquista dos pés à cabeça e que é contra a presença de jogadores "naturalizados" na selecção, sendo a favor de uma selecção 100 por cento nacional. E no campo nem sempre damos bons exemplos.

Coisas curtas, mas para bom entendedor meia-palavra basta.


publicado por conselheiro familiar | Segunda-feira, 20 Abril , 2009, 23:11

José Manuel Meirim, conhecido especialista em “Direito Desportivo”, opinou para o jornal de Belmiro de Azevedo, sobre o julgamento de Pinto da Costa. Discorre sobre a falação mediática que o caso  suscitou ou não e explanou face ao que achou correcto e incorrecto porque,  diz ele, “ao contrário do que seria de esperar, (…) o meu telefone não tocou” . E já a terminar, o seu artigo lamenta que  a Justiça tivesse sido minada, não pela decisão do Tribunal, mas porque em sua opinião,  “o pior que pode ocorrer para os valores da justiça são precisamente estas furiosas vagas plenas de voluntarismo e protagonismo que, no final, quando chegam à praia não passam de areia húmida.” Para finalmente se insurgir  pelo facto, transcrevo, “solicitada a comentar a decisão do tribunal, a procuradora-geral adjunta Maria José Morgado declinou o convite, afirmando que não comenta decisões judiciais.”

Pois é… o senhor josemeirim@gmail.com, abespinha-se com as mesmas coisas que os contestatarios à reabertura do processo. Isto é, que trouxeram à luz do dia verdades que ninguém pode negar. Da ida do arbitro a casa de PC, desportivamente condenável e condenada.  Não fala das vicissitudes do julgamento e dos álibis da defesa e da insólita agressão à porta do tribunal à testemunha de defesa, com ameaça de nova agressão. Não. Ele queria que MJ Morgado comentasse, daí amargamente concluir, “está aí, pois, seguramente, a única coisa que não comenta.”

À laia de adepto de futebol que me prezo e atento ao que se passa no seu seio, gostaria de saber, dessa Justiça que arquiva processos de gente poderosa ou até mesmo de quem defende que levem tal caminho, sem que esteja apurada a verdade dos factos,me  explicasse porque foi a testemunha de defesa impedida de prestar declarações, apesar de tão importante? E porque a de acusação foi considerada não credivel, porque se esqueceu da quantia exacta metida no envelope ou de outros pormenores, e porque não o foi PC, por se ter esquecido de quanto ganhava mensalmente e de justificar a ida do arbitro a sua casa com um aconselhamento familiar à segunda, quando da primeira disse que foi para um cafezinho.Uma justificação estafada em que só a juiza acredita. Porquê?E depois querem (sr. Meirim incluído) que a Justiça não ande pelas ruas da amargura... para já não falar do sr. Mortagua... do arbitro e da presença de A. Araujo (para quê?).Todavia ainda há o recurso pendente. Qual a estranheza sobre MJ Morgado não querer comentar?

Se ela (MJM) tem comentado a decisão do tribunal, certamente o telefone (objecto indiscreto este) do sr. Meirim não deixaria de tocar.

 

sinto-me: escutado
música: Fado da desgraçadinha

publicado por conselheiro familiar | Domingo, 19 Abril , 2009, 13:33

 Camara do Porto lesada pelo FC do Porto

A câmara do Porto exige ser indemnizada em 2,5 milhões de contos, por ter sido lesada em negócio com o clube corrupto com o nome cidade.

O negócio, grande negócio, foi realizado em 2000 no tempo em que era Nuno Cardoso (PS) o presidente do município e nele intervieram  os  acusados por crime de participação económica em negócio, além de Nuno Cardoso, três vice-presidentes do clube portista (Adelino Caldeira, Angelino Ferreira e Eduardo Valente), e ainda três engenheiros da Câmara, que avaliaram os terrenos do Plano de Pormenor das Antas e da Frente Urbana do Parque da Cidade que estiveram na base da permuta. Terrenos estes novamente sujeitos a perícia efectuada por ordem da juíza de instrução titular do processo, que considerou importante averiguar o valor dos terrenos sob o ponto de vista estritamente económico.  (ver aqui notícia completa) . O caso aguarda debate instrutório do processo que decorre  no Tribunal de Instrução Criminal do Porto, e posterior decisão sobre se vai, ou não, a julgamento

Os casos de burla e corrupção não param de aparecer.

Ora por corrupção com árbitros e dirigentes de futebol, ora com ligações suspeitas ao mundo crime, o clube de Pinto da Costa está em todas. Ainda sobre o julgamento do caso em que Pinto da Costa disse que recebeu o arbitro Augusto Duarte e o agente António Araújo em sua casa, aguarda-se que a Relação se pronuncie sobre o recusrso apresentado pelo MP.

Faltava a cereja em cima do bolo. O convite a Pinto da Costa para estar presente na apresentação publica da candidata PS à autarquia portuense, é sinónimo de que a politica (PS) não dispensa o factor azul&bronco portista nas suas evoluções partidárias. Depois admiram-se que sejamos nós todos, os contribuintes, a pagar as despesas daquele clube. E faz perceber a razão da impunidade gozada pelo sr. PC,  no seu trajecto presidencial e que revelou, agora, mais um seu atributo: o de conselheiro familiar de árbitros.

Haja decoro… e condenação  para os vígaros.

 


mais sobre mim
Novembro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


arquivos
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO
subscrever feeds